Instituto de Educação

Bem perto de nossa Igreja, encontramos o Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (Iserj), mais conhecido por seu antigo nome – Instituto de Educação -, um dos estabelecimentos de ensino superior mais antigos da cidade. Fundada em 1880 – ainda no tempo do Império –, a instituição teve várias sedes, porém todas provisórias ou improvisadas. Por isso, em 1928, o então prefeito Prado Júnior convocou um concurso público para a escolha do projeto arquitetônico da nova Escola Normal (como era chamada na época).

Em 1930, o edifício, em estilo neocolonial, já estava de pé, e em 1932 ganhou o título de Instituto Superior de Educação. Nenhuma mudança, no entanto, seria maior do que a que estava por vir: a implementação das teorias da Escola Nova. Nascida do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, subscrito, entre outros, por nomes como Anísio Teixeira e Cecília Meirelles, essa proposta pedagógica norteou o desenvolvimento do Iserj.
Os escolanovistas entendiam que a educação era o melhor caminho para a construção de um futuro bom e democrático, por isso apostavam na formação de um professor dinâmico. O colégio passava a ser um local de entendimento do mundo e de preparação dos alunos para a vida.
Por esses e outros motivos, a Escola Nova transformou o Instituto de Educação em um símbolo de modernidade para todo o país, chamando a atenção até mesmo de representantes da ONU.

Rodrigo Pinto Tiradentes, aluno da Oficina Literária San Juan de la Cruz

Informativo – Jul/2017


Cadastre-se para receber nossas notícias: